Estudantes baianas participam de Feira de Ciências nos EUA

Baianas participam de uma das uma das maiores Feiras de Ciências do mundo para estudantes pré-universitários

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Baianas participam de uma das uma das maiores Feiras de Ciências do mundo para estudantes pré-universitários
Baianas participam de uma das maiores Feiras de Ciências do mundo para estudantes pré-universitários. Foto: Luis Eduardo Selbach.

Com o projeto “Fortalecimento da identidade negra e quilombola em Antonio Cardoso-Bahia”, as estudantes Beatriz Pereira e Thayná dos Santos representaram o Brasil na International Science and Engineering Fair (Intel Isef), em Pittsburhg, na Pensilvânia, nos Estados Unidos.

Essa é uma das maiores Feiras de Ciências do mundo para estudantes pré-universitários. As baianas estão desde o último dia 10 defendendo a identidade negra e quilombola na Feira e encerram sua participação nesta sexta (15).

Ambas com 16 anos, Beatriz e Thayná são alunas do 3º ano do ensino médio, no Colégio Estadual Antonio Carlos Magalhães, no município de Antonio Cardoso. As estudantes conquistaram o direito de participar do evento após obter a premiação máxima na Feira Brasileira de Ciência e Engenharia do Brasil (Febrace 2015).

Além de receber o prêmio máximo da Febrace 2015, o projeto conquistou também 1º lugar na Categoria Ciências Humanas concedido pela 4ª Feira de Ciências e matemática da Bahia (Feciba), o Certificado de Destaque em Iniciação Científica, da Associação Brasileira de Incentivo à Ciência (Abric), e, ainda, a credencial para representar o Brasil no Intel Isef.