Estudantes promovem campanha para banco de sangue

SANGUE

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Motivados pelo déficit mensal de mais de 300 bolsas no banco de sangue na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna – responsável por abastecer hospitais locais e de outros municípios do sul da Bahia – estudantes do 10º semestre do curso de Direito da Unime promovem durante todo o mês de junho, uma campanha para incentivar a doação. A campanha que iniciará na segunda-feira (1º) pode ser feita no banco de sangue, das 8h00 às 17h00, de segunda a sexta-feira, e nos sábados das 7h00 às 12h00.

O déficit é maior neste período do ano, por causa dos acidentes causados pelos manuseio com fogos de artifícios. De acordo com o Ministério da Saúde, o sangue é essencial para procedimentos como cirurgias bariátricas, ortopédicas, cardiológicas e para pacientes da oncologia e hemodiálise.  Já os hemoderivados são usados, por exemplo, para tratamento de pacientes anêmicos e que precisam da transfusão de células vermelhas de sangue.

Pode ser doador de sangue pessoa com idade entre 18 e 67 anos incompletos, com peso superior a 50 quilos e que não integre grupos de risco – doenças sexualmente transmissíveis ou crônicas.  Antes de fazer a doação, o paciente deve fazer uma alimentação leve e livre de gordura, não ingerir bebidas alcoólicas ou fumar nas 24 horas que antecedem a coleta.