Ex-presidente é vaiado na Caminhada da Liberdade

Ao ser anunciado pelo locutor do trio Lula foi vaiado pela multidão (Foto: reprodução / fotospublicas.com)
Ao ser anunciado pelo locutor do trio Lula foi vaiado pela multidão (Foto: reprodução / fotospublicas.com)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Ao ser anunciado pelo locutor do trio Lula foi vaiado pela multidão (Foto: reprodução / fotospublicas.com)
Ao ser anunciado pelo locutor do trio Lula foi vaiado pela multidão (Foto: reprodução / fotospublicas.com)

Na tarde desta sexta-feira (20), ao ser anunciado pelo locutor do trio da 15ª Caminhada da Liberdade, dentro das comemorações do Dia da Consciência Negra, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi vaiado pela multidão, em Salvador. O trio parou no largo do plano inclinado Liberdade-Calçada para esperar os políticos. Os organizadores da marcha decidiram homenagear Lula pelas políticas de reparação racial implantadas nos seus governos. Contudo, a crise econômica deixou muita gente irritada com a presença do político na festa. Na sua rápida fala, Lula listou as medidas de reparação das gestões do PT e foi aplaudido quando citou a abertura das universidades para os negros.

Lula já esteve em Salvador em outra comemoração do Dia da Consciência Negra. Em 2009, ainda como presidente da República, ele acompanhou a Marcha da Consciência Negra Zumbi dos Palmares, que é promovida pela Coordenação Nacional de Entidades Negras (Conen) no Campo Grande. Na época, ele estava acompanhado do presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas.

A marcha é promovida pelo Fórum de Entidades Negras da Bahia, sai da Senzala do Barro Preto, no Curuzu, no bairro da Liberdade, em direção ao Pelourinho, no centro histórico da capital baiana.