Feira: Zona Azul custará metade do estacionamento privado

1

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

A tarifa básica na Zona Azul por uma hora de ocupação por automóveis e quadriciclos será de R$ 2 em Feira de Santana. O valor corresponde à metade do cobrado pela maioria dos estacionamentos particulares no centro da cidade. Motocicletas, ciclomotores, motonetas e triciclos pagarão inicialmente R$ 1. Para maximizar a disponibilidade de vagas, o período máximo de parada será de duas horas. Em locais com grande demanda, a Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) poderá autorizar a tarifa básica maior como forma de desestimular paradas mais longas nessas áreas.

Será considerada irregularidade ultrapassar o tempo previsto, não utilizar o parquímetro de controle de vaga e estacionar em local não autorizado – ocupar mais de uma vaga e parar em área destinada a outra categoria. O veículo deverá ser retirado do lugar assim que termine o tempo máximo de estacionamento, sendo permitido que pare em outro ponto. A multa pela infração (permanência indevida) terá como base o Código Brasileiro de Trânsito, que prevê infração leve, multa e a remoção do veículo.

Zona Azul

O decreto 9.608 regulamenta o sistema de estacionamento rotativo pago de Feira de Santana, denominado Zona Azul. O regulamento leva em consideração a necessidade do tratamento diferenciado, especialmente nas áreas de maior concentração comercial, grande circulação de pedestres e de veículos, para oferecer melhor segurança, democratização dos espaços públicos, garantir a fluidez no trânsito e a qualidade de vida da população. A licitação que vai definir a empresa administradora da Zona Azul está marcada para o dia 7 de julho.

Com informações da Secom.

Foto de capa: feiradesantana.ba.gov.br.