Funcionários do Hospital e Maternidade entram em greve em Castro Alves

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Os funcionários do Hospital Regional & Maternidade de Castro Alves, município na região do recôncavo baiano, paralisaram as atividades nesta segunda-feira (11), por tempo indeterminado. De acordo com o representante do Sindicatos dos Trabalhadores da Saúde, o ato é por tempo indeterminado, por conta do atraso de salários há mais de quatro meses sem receber. Segundo o sindicato a APMI não está cumprindo com atendimentos e procedimentos para população do município, como Raio x do torax, Cardiologista, Ginecologista, Pediatra, Ultra , Sonografia e outros procedimentos como também a precariedade da alimentação e falta de alguns medicamentos e médicos. Apenas os atendimentos de urgência e emergência funcionaram. Os enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, maqueiros, nutricionistas, agentes de limpeza e porteiros participaram da greve. Segundo o Sindsaúde a APMI (Associação de Proteção à Maternidade e à Infância), empresa responsável pela gestão alega que a Secretaria Estadual da Saúde não repassou a verba. (Fonte: Bahia 10)