Ganhador da Mega da Virada não busca prêmio e deixa R$ 162 milhões para trás

A aposta simples custa R$ 3,50 e pode ser feita tanto nos volantes especiais da Mega da Virada quanto nos comuns da Mega-Sena. (Foto Ilustração)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Um dos vencedores da Mega da Virada 2020 não se apresentou à Caixa Econômica Federal para buscar os R$162,6 milhões que ganhou no sorteio com o maior prêmio da história das loterias e perdeu a bolada. Segundo as regras do concurso, os vencedores têm até 90 dias após a realização do sorteio para retirar o prêmio ou perdem o dinheiro. A data-limite para os vencedores da Mega da Virada 2020 terminou hoje (31), às 18h, horário de funcionário das loterias.

O sortudo ou sortuda, que é da capital paulista e fez a aposta pela internet, entrou para a história como a pessoa que esqueceu o maior prêmio das loterias não retirado até hoje. Os R$ 162,6 milhões serão repassados ao Fies (Fundo de Financiamento do Ensino Superior).

No último concurso da Mega da Virada, em 31 de dezembro de 2020, duas apostas acertaram as seis dezenas e dividiram o prêmio de 325,2 milhões. Além do sortudo que não busco o dinheiro, o outro ganhador, de Aracaju (SE), já pegou a grana.

O Procon-SP notificou a Caixa na última segunda-feira (29) pedindo que o banco identifique o consumidor que ganhou o concurso para fazer o pagamento, alegando que ele está cadastrado no sistema por ter feito o jogo pelo site das Loterias

Em nota enviada à reportagem, o banco estatal informou que, de acordo com a lei 13.756/2018, “cabe exclusivamente ao apostador solicitar o recebimento de prêmios de loterias em até 90 dias”. Além disso, a Caixa diz que, na internet, assim como nas apostas feitas em casas lotéricas, “a Caixa não grava, junto com a aposta, a identidade do apostador, independentemente do canal de venda”.