Gasolina, diesel e gás de cozinha voltam a aumentar

Brasil, Rio de Janeiro, RJ. 26/06/2012. Movimento de clientes nos postos de   gasolina da zona sul do Rio de Janeiro. O reajuste de preços dos combustíveis foi mal recebido pelo mercado, que penalizou as ações da Petrobrás em quase 8%. - Crédito:MARCOS DE PAULA/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/Codigo imagem:119451
Brasil, Rio de Janeiro, RJ. 26/06/2012. Movimento de clientes nos postos de gasolina da zona sul do Rio de Janeiro. O reajuste de preços dos combustíveis foi mal recebido pelo mercado, que penalizou as ações da Petrobrás em quase 8%. - Crédito:MARCOS DE PAULA/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/Codigo imagem:119451

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Apesar dos aumentos sucessivos, o valor médio da gasolina, diesel e botijão de gás subiu mais uma vez nessa semana, de acordo com os dados divulgados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). No sul do país, a gasolina é vendida até R$ 7,46 na semana atual, de 17 a 23 de setembro e o gás de cozinha alcança R$ 135 em vários estados. O preço médio do litro da gasolina comum no país foi de R$ 6,32 na semana anterior para R$ 6,36 nesta semana, com aumento de 0,61%.

Na sequência, no topo da lista, estão: Rio de Janeiro (R$ 7,39) e Piauí (R$ 7,15). Já o diesel subiu 0,26% em relação à semana anterior, passando de R$ 4,97 para R$ 4,98, de acordo com a ANP. A alta no preço incomoda motoristas e caminhoneiros, que já organizam manifestações em diversas capitais do Brasil e ameaçam parar as rodovias, prejudicando o abastecimento.