Governo estuda abrir novos contratos do Fies

1300

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Entrou em pauta a possibilidade de abrir novos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o segundo semestre deste ano, durante encontro da presidente Dilma Rousseff e Vic Barros, presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE). “Nós colocamos que não aceitamos nenhum tipo de restrição ao Fies e que a diminuição dos novos contratos este ano em relação ao ano passado precisa ser algo superado pelo governo. Queremos aprimorar o programa de fato, porque carece de aprimoramentos, mas não aceitamos nenhuma restrição no número de bolsas oferecidas em relação aos anos anteriores”, afirmou Vic Barros, que completa concordar com as medidas que o governo federal vem implementando quanto ao controle das mensalidades e da qualidade dos cursos. “Achamos que o Fies precisa ser ampliado no nosso país e que no segundo semestre possam ser abertos novos contratos. É fundamental que a presidente Dilma siga essa política de expansão porque muita gente depende disso para continuar na universidade”, declarou.