Governo federal viabiliza doação de cisternas para zona rural

(Foto: Reprodução / Fotos: Ascom Prefeitura de Barreiras)
(Foto: Reprodução / Fotos: Ascom Prefeitura de Barreiras)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

 

As cisternas são de polietileno e têm a capacidade de 16 mil litros de água (Foto: Reprodução / Fotos: Ascom Prefeitura de Barreiras)As cisternas são de polietileno e têm a capacidade de 16 mil litros de água (Foto: Reprodução / Fotos: Ascom Prefeitura de Barreiras)
As cisternas são de polietileno e têm a capacidade de 16 mil litros de água (Foto: Reprodução / Fotos: Ascom Prefeitura de Barreiras)As cisternas são de polietileno e têm a capacidade de 16 mil litros de água (Foto: Reprodução / Fotos: Ascom Prefeitura de Barreiras)

Na cidade de São Desidério, oeste baiano, uma parceria entre o município e o governo federal, através do Programa Água para Todos, possibilitará que mais de 1.500 famílias inclusas no Cadastro Único – Bolsa Família – das comunidades rurais recebam em suas casas cisternas que auxiliarão no acesso às fontes de água potável e enfrentar o período de estiagem.

As cisternas são de polietileno e têm a capacidade de 16 mil litros de água, trata-se de uma tecnologia simples e de baixo custo, na qual a água da chuva é captada do telhado por meio de calhas e armazenada em um reservatório, capaz de garantir água para suprir as necessidades básicas de uma família de cinco pessoas em um período de estiagem de aproximadamente oito meses.

O secretário de Agricultura, José Santana explicou que os beneficiados receberam na própria comunidade um treinamento com técnicos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) para aprender como é feita a instalação e o manuseio do equipamento. “Os técnicos também ensinaram a limpar o telhado, que vai aparar a água da chuva; a limpar as bicas, e também tratar a água para o abastecimento”, disse.