Greve de frentistas começa hoje

"Foram oito rodadas de negociações e esta última sexta passada", afirma o presidente do Sinposba, Antonio José Santos.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
"Foram oito rodadas de negociações e esta última sexta passada", afirma o presidente do Sinposba, Antonio José Santos.
“Foram oito rodadas de negociações e esta última sexta passada”, afirma o presidente do Sinposba, Antonio José Santos.

A greve dos trabalhadores em postos de combustíveis na Bahia começa nesta segunda (10). Não deu em nada a última tentativa de negociação realizada na sede do Ministério Público do Trabalho, em Salvador, na sexta-feira (7), entre o Sindicato patronal e o Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Combustíveis e Derivados de Petróleo (Sinposba).

Para os frentistas, os patrões mantiveram-se intransigentes diante de todas as propostas e tentativas do procurador do trabalho, Bernardo Guimarães, para evitar a greve. “A data-base da categoria é 1º de maio, foram oito rodadas de negociações e esta última sexta passada. Os patrões reafirmaram enfaticamente que não vão assinar a Convenção de Trabalho se o Sinposba não abrir mão do valor das multas normativas instituídas na CCT na cláusula 48ª, referente ao descumprimento da própria Convenção que eles assinaram; isto é, os patrões querem que o Sindicato aceite uma fraude trabalhista. O Sinposba não aceita isso em hipótese nenhuma”, declara o presidente da entidade, Antonio José Santos.

Com informações do site do Sinposba.