Greve de professores da Uefs começa na segunda-feira (11)

Foto: assessoria/Adufs.
Foto: assessoria/Adufs.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Foto: assessoria/Adufs.
Foto: assessoria/Adufs.

Durante assembleia realizada na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), os docentes da instituição decidiram por iniciar, na segunda-feira (11), greve por tempo indeterminado. O encontro foi realizado no campus feirense nesta quinta-feira (7). Entre as reivindicações dos professores estão a destinação de, no mínimo, 7% da Receita Liquida de Impostos (RLI) para o orçamento anual das instituições, com revisão do percentual a cada dois anos e de tal forma que o orçamento do ano não seja inferior ao executado no ano anterior; e o pagamento do reajuste linear com reposição integral da inflação. O movimento envolve também as universidades Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), do Estado da Bahia (Uneb) e Estadual de Santa Cruz (Uesc). Nesta sexta-feira (8), as Associações Docentes das quatro instituições protocolam documento na Governadoria, Secretaria da Educação (SEC) e reitoria das universidades informando sobre a decisão da categoria, além de exigir o cumprimento da pauta de reivindicação.