Grupo fecha CIA-Aeroporto para denunciar sumiço de jovem

Engarrafamento atingiram de mais de 3km. Foto: Adilton Venegeroles .

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Engarrafamento atingiram de mais de 3km. Foto: Adilton Venegeroles .
                                                     Engarrafamentos atingiram de mais de 3km. Foto: Adilton Venegeroles .

Familiares e amigos de Lucas Oliveira da Silva, de 19 anos, o Tuquinho, fecharam as duas vias da BA-526 (CIA-Aeroporto), próximo à Ceasa, por mais de duas horas, na tarde desta segunda-feira (16), para protestar contra o desaparecimento do rapaz, na noite da última sexta-feira (13). Os manifestantes interditaram a rodovia com tonéis e atearam fogo em pneus, lixo e madeira. Um engarrafamento de mais de 3 km foi formado nos dois sentidos da via.

Um comerciante local afirmou que Tuquinho foi pego por policiais da Rondesp Região Metropolitana de Salvador, quando conversava com amigos na Praça da Cepel, na rua São João, bairro Nova Esperança. “Eles pegaram o menino, levaram e até hoje não vimos mais. É costume eles fazerem isso. Pegam, batem e depois soltam, mas dessa vez…”, lamenta o morador de 31 anos. Conforme outro morador da comunidade, desde a sexta-feira familiares e amigos foram em vão a várias delegacias de Salvador e municípios vizinhos à procura do jovem.

Com informações do site do jornal A Tarde.