Grupo invade escola e rouba alunos em Salvador

Um terceiro componente do grupo deu cobertura aos demais do lado de fora da unidade. Foto: Reprodução/Google Maps.
Um terceiro componente do grupo deu cobertura aos demais do lado de fora da unidade. Foto: Reprodução/Google Maps.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Um terceiro componente do grupo deu cobertura aos demais do lado de fora da unidade. Foto: Reprodução/Google Maps.
Um terceiro componente do grupo deu cobertura aos demais do lado de fora da unidade. Foto: Reprodução/Google Maps.

Homens armados invadiram uma escola particular no bairro da Pituba e roubaram objetos dos estudantes e professores que estavam na sala de aula, na manhã desta terça-feira (15). Segundo a coordenadora do local ao jornal A Tarde, Isabel Lopes, por volta das 8h15, dois criminosos invadiram o CEP Supletivo, localizado na rua São Paulo, enquanto um terceiro ficou do lado de fora.

“Inicialmente um dos criminosos pediu informações sobre matrícula para nosso vigilante. Ficou alguns minutos conversando com ele. Depois, o homem pediu para entrar e realizar a matrícula. Quando nosso vigilante abriu o portão, dois homens armados o renderam e invadiram a escola”, declara Lopes.

A coordenadora contou que os bandidos passaram por no mínimo três salas, onde furtaram objetos como celulares, correntes e anéis dos alunos e funcionários, além de uma quantia em dinheiro de uma pessoa que estava se matriculando no CEP Supletivo. Após a ação, os criminosos fugiram. “Eles não agiram de maneira violenta, apenas fizeram o arrastão. Ninguém ficou ferido”, relata Lopes.

Ela afirmou ainda que na região vem ocorrendo muitos assaltos. “Na semana passada, bandidos usaram uma escada para roubar um prédio que fica em frente à escola. Os moradores sugeriam que um mutirão fosse feito para pedir por mais segurança”, afirma. Viaturas da 13ª CIPM/Pituba fazem ronda no local em busca dos assaltantes. Até às 9h, nenhum suspeito havia sido preso.

Com informações do G1.