Grupo protesta e pede impeachment da presidente Dilma em Salvador

Protesto pede impeachment da presidente Dilma Rousseff no Farol da Barra, em Salvador (Foto: Juliana Almirante/G1)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
 De acordo com um dos organizadores, a estimativa é de que o ato reuniu cerca de mil pessoas  (Foto: Juliana Almirante/G1)
De acordo com um dos organizadores, a estimativa é de que o ato reuniu cerca de mil pessoas (Foto: Juliana Almirante/G1)

Um protesto a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff começou por volta das 10h (Horário da Bahia) no Farol da Barra, em Salvador. Segundo a Polícia Militar, cerca de 500 manifestantes participaram da manifestação, que ocorreu de forma pacífica. De acordo com um dos organizadores, a estimativa é de que o ato reuniu cerca de mil pessoas. Um outro grupo calculou a participação de duas mil pessoas no que chamaram de “auge” da manifestação. Vestidos de verde e amarelo, os manifestantes levaram faixas e cartazes. Por volta das 12h40, a mobilização começou a se dispersar e cerca de dez minutos depois, o ato chegou ao fim.

Um dos participantes, César Leite afirmou que representa o movimento “Vem Pra Rua” e a Ordem Dos Médicos do Brasil na Bahia. Ele diz que outros quatro grupos organizaram o protesto: movimentos “Brasil Livre” e “Nas Ruas”. “O sentido do protesto é manter vivo o espírito do impeachment”, afirmou o manifestante. Por meio de comunicado oficial, a PM informou que 261 policiais militares atuaram para manter a segurança no local e também no entorno do Farol da Barra, um dos principais pontos turísticos da capital baiana. Ainda conforme a PM, até por volta das 11h, “nenhum fato anormal tinha sido registrado pelo comando do policiamento presente na Barra. Os protestos ocorrem sem registros de atos violentos ou confrontos”.

O ato dos manifestantes foi acompanhado por um mini trio elétrico, onde um grupo de lideranças declarava palavras de ordem a respeito das intenções da manifestação contra o governo de Dilma Rousseff. Até o início da tarde, o protesto seguiu concentrado no Largo do Farol da Barra. A médica Ana Almira Carneiro disse ter esperança no impeachment da presidente Dilma Rousseff. “Sou a favor do impeachment, contra a corrupção, em favor do juiz Sérgio Moro. Venho em todos os protestos que já aconteceram contra Dilma em Salvador”, afirmou.