Homem morto em colisão entre motos aquáticas é sepultado em Salvador

Pedro Carvalho de Santana era habilitado para pilotar motos aquáticas. Foto: Imagens/TV Bahia.
Pedro Carvalho de Santana era habilitado para pilotar motos aquáticas. Foto: Imagens/TV Bahia.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Pedro Carvalho de Santana era habilitado para pilotar motos aquáticas. Foto: Imagens/TV Bahia.
                           Pedro Carvalho de Santana era habilitado para pilotar motos aquáticas. Foto: Imagens/TV Bahia.

O vendedor de carros Pedro Carvalho de Santana, de 37 anos, morto em um acidente entre duas motos aquáticas, foi sepultado no final da tarde deste domingo (8). O sepultamento foi realizado no Cemitério Campo Santo, em Salvador. Durante a cerimônia, familiares e amigos preferiram não falar com a imprensa, como também não autorizaram a gravação de imagens.

A Capitania dos Portos afirmou ao G1 que abriu um Inquérito sobre Acidentes e Fatos da Navegação (IAFN), a fim de apurar as causas e possíveis responsáveis pela colisão. O resultado das investigações deve sair em um prazo de 90 dias.

A vítima possuía habilitação para pilotar motos aquáticas. Segundo a Capitania dos Portos, o condutor da moto aquática que colidiu contra a vítima deixou o local do acidente, mas já foi identificado e será notificado para prestar depoimento. Conforme a Marinha, ele também é habilitado e a embarcação que conduzia está inscrita na Capitania dos Portos de São Paulo, e encontra-se em processo de transferência de inscrição para a Bahia.

Com informações do G1.