Homem que matou servidora do Detran-BA é condenado a 20 anos de prisão

CA9968A3-2F99-48C3-BE29-9C601E9508A0

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Jailson Santos Mendonça não aceitou a separação e matou a facadas Maridalva da Silva Gonçalves, de 46 anos. Ele foi condenado, na sexta-feira (26), a 20 anos, dois meses e sete dias de prisão pelo feminicídio. A condenação ocorre há quase quatro anos do dia crime, praticado em 26 de dezembro de 2017, nas escadarias que dão acesso ao Departamento Nacional de Trânsito da Bahia (Detran-BA) – onde a vítima trabalhava.

Jailson vai responder pelo crime na Penitenciária Lemos de Brito, no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador. Ele foi condenado em júri popular, por homicídio quadruplamente qualificado: pelo motivo torpe; emprego de meio cruel; impossibilidade de defesa da vítima e feminicídio, quando a vítima é assassinada por questões relacionadas ao gênero.

Após esfaquear Maridalva, Jailson tentou se matar com veneno para rato, mas foi impedido por seguranças do Detran e levado o Hospital Geral do Estado (HGE).

Fonte: Metro 1