Integrantes da Comissão de Saúde da Câmara pedem celeridade na construção das UTIs para tratamento da covid-19

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Durante reunião ocorrida na última quarta (30) entre os membros da Comissão de Saúde, Assistência Social e Desporto da Câmara Municipal, e o secretário de saúde do município, Marcelo Brito, os vereadores pediram celeridade na construção das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para tratamento da covid-19 em Feira de Santana. Segundo o presidente da Comissão, vereador Emerson Minho (DC), “do jeito que está vai terminar a pandemia e as UTIs ainda não estarão prontas”.

A falta de atendimento prioritário de emergência para os portadores de Anemia Falciforme no Hospital Dom Pedro também foi tema do encontro. De acordo com Emerson Minho, o secretário disse que vai analisar a situação para dar uma resposta em breve.

Como é feito o repasse pela Prefeitura para o Hospital Dom Pedro e qual é a contrapartida dada pela unidade hospitalar para a população feirense foi questionado pelos vereadores ao secretário. Conforme Emerson Minho, apesar de o Dom Pedro ser um hospital filantrópico, não tem nenhuma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) disponível. “São 4 UTIs no hospital, que sempre estão ocupadas por usuários de planos de saúde ou particulares”, disse.

Por fim, perguntado a respeito da implantação do centro de reabilitação pós-covid-19, o secretário disse que vai analisar o projeto entregue pela comissão para ponderar possíveis alterações. “O projeto, inclusive, já foi protocolado na Câmara. Como ele (o secretário) não nos deu uma resposta até ontem (5), apresentamos o projeto da forma que entendemos ser a melhor”, frisou.

A Comissão, que também tem como integrantes o vereador Luiz da Feira (PROS), vice-presidente, e o vereador Paulão do Caldeirão (PSC), membro, vai elaborar um ofício com todos os temas abordados na reunião para que as perguntas sejam respondidas oficialmente à Câmara. (Ascom/PMFS)