Ivete Sangalo lança primeiro DVD acústico

“A participação deles é uma forma de acalentá-los e fazer parte da construção do sonho dessas crianças é algo maravilhoso. Disse a eles: que oportunidade vocês estão me dando!”  (Foto: Reprodução /  Francisco Cepeda / AgNews)
“A participação deles é uma forma de acalentá-los e fazer parte da construção do sonho dessas crianças é algo maravilhoso. Disse a eles: que oportunidade vocês estão me dando!” (Foto: Reprodução / Francisco Cepeda / AgNews)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

https://www.youtube.com/watch?v=1_gOBgKMrUA

A baiana Ivete Sangalo lança esta semana seu primeiro DVD Acústico. A cantora disse que a gravação do acústico, seu primeiro trabalho desplugado, lhe motivou a compor mais: “Vocês vão ver que esse disco tem muito mais canções minhas”. Aproveitou, então, para contar como compôs uma das músicas, dedicada ao filho: “Um dia, cheguei de madrugada, de um show, e fui ver meu tesouro dormindo. Na hora, me veio a letra. Normalmente, depois do show, dou uma olhada no meu filho e vou dormir. Mas naquele dia fiquei ‘vigiando’ ele e compondo”.

 “A participação deles é uma forma de acalentá-los e fazer parte da construção do sonho dessas crianças é algo maravilhoso. Disse a eles: que oportunidade vocês estão me dando!”  (Foto: Reprodução /  Francisco Cepeda / AgNews)
“A participação deles é uma forma de acalentá-los e fazer parte da construção do sonho dessas crianças é algo maravilhoso” (Foto: Reprodução / Francisco Cepeda / AgNews)

Ivete também falou sobre a emoção de gravar A Lua Que Te Dei com as crianças do The Voice Kids: “A participação deles é uma forma de acalentá-los e fazer parte da construção do sonho dessas crianças é algo maravilhoso. Disse a eles: que oportunidade vocês estão me dando!”. Sobre a participação de Luan Santana, brincou: “As músicas me ajudam a escolher os participantes. De Zero a Dez é uma canção que é a cara de Luan. Com ele, eu faria tudo: ia ao cinema, dividia uma pipoca, estudava com ele…”.

De acordo com o Ego, a cantora comentou também a diversidade do repertório, que tem desde um dub (variação de reggae) até Jorge Benjor (Por Causa de Você, Menina). “Eu canto onde tiver música boa e lugar pra me exibir. Quando a gente gosta do que faz, as possibilidades vêm a cavalo. Cantei recentemente Gonzaguinha no Prêmio de Música Brasileira e foi uma delícia”. Ela não deixou de opinar sobre questões polêmicas, como a homofobia: “Não opino sobre política porque, às vezes, não tenho convicção e porque posso mudar de opinião sobre isso. Mas, sobre homofobia, que tenho convicção, eu opino sim. E o mundo está assim porque as pessoas não se libertam para o amor. E os gays não precisam de ajuda, precisam de respeito!”. O DVD custa R$ 30 e o CD, que sai em formato duplo, R$ 20 (cada CD).