Julho das Pretas chega a São Francisco do Conde

Foto: Reprodução/IRDEB
Foto: Reprodução/IRDEB

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

São Francisco do Conde sedia nesta sexta-feira (17) o Julho das Pretas. Com o tema “A Mulher Negra Assumindo Sua Identidade”, o evento acontecerá das 9 às 16h, na UNILAB. A abertura do evento será em São Francisco do Conde. Porém, o evento acontecerá também nas cidades de Santo Amaro, Cachoeira, Maragojipe, Camaçari e culminará em um encontro em Salvador, no dia 25 de julho, no Espaço Cultural da Barroquinha. Em São Francisco do Conde, algumas das palestrantes do evento são: a assessora especial Telma Silva; a secretária da Educação, Ana Christina Oliveira, Tânia Sacramento, do CREAS; Luciana Araújo, gerente de Proteção à Mulher de São Francisco do Conde, entre outros nomes.

Foto: Reprodução/IRDEB
Foto: Reprodução/IRDEB

O Julho das Pretas é um evento promovido pelo Departamento de Promoção da Igualdade Étnico Racial – DEPIR, da Associação Flor de Lótus e da Rede de Mulheres Negras da Bahia, juntamente com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social – SEDES.

Histórico – Em 1992, na República Dominicana, aconteceu o I Encontro de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas, com a representação de 70 países. O Encontro foi realizado com o objetivo de debater as problemáticas e lutas específicas das mulheres negras destes países, já que os movimentos de luta feminista da Europa não incluíam as demandas das mulheres negras em seus debates. Como resultado do Encontro, estabeleceu-se não somente a criação de uma rede de mulheres da América Latina e do Caribe, como também a definição da data 25 de julho como marco internacional das lutas, resistência e organização destas mulheres.

A data objetiva ser um acontecimento dinamizador internacional da resistência e luta da mulher negra enquanto sujeito de direitos, fortalecendo a identidade da mulher e possibilitando a construção de movimentos e estratégias para o enfrentamento e emancipação das opressões de gênero e étnico-raciais.

SERVIÇO:

Local: UNILAB – Campus do Malês, em São Francisco do Conde

Data: 17 de julho de 2015 – Sexta-feira

Hora: das 09h às 16h

Informações: (71) 8875-4412