Justiça considera ilegal greve na Saúde

Assembleia geral onde os servidores decidiram pela greve. Fotos: Carlos Américo Barros
Assembleia geral onde os servidores decidiram pela greve. Fotos: Carlos Américo Barros

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Assembleia geral onde os servidores decidiram pela greve. Fotos: Carlos Américo Barros
Assembleia geral onde os servidores decidiram pela greve. Fotos: Carlos Américo Barros

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) considerou ilegal a greve do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde da Bahia (Sindsaúde), iniciada na sexta-feira (17). Nesta segunda-feira (20) o órgão concedeu liminar ao Governo do Estado por entender que o argumento da categoria para a greve – corte do adicional de insalubridade – não é válido. O TJ-BA se manifestou favorável ao término da paralisação por causa da importância dos serviços de saúde e os graves prejuízos acarretados para a população. O descumprimento da decisão pode acarretar em multa diária de R$ 50 mil.

Com informações do site do jornal A Tarde.

LEIA TAMBÉM: Servidores da Saúde em greve a partir de hoje.