Obra vai chegar a 9 anos e gastar R$ 91 milhões

LAGOA GRANDE-OBRA

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

[vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_single_image image=”24″ img_link_target=”_self” title=”A primeira placa prevê 7 anos de obras e R$ 68 milhões”][vc_column_text]

A obra já tem sete anos, vai precisar de mais dois para acabar, já custou R$ 68 milhões e chegará a um custo final de mais de R$ 90 milhões. Esta é a história da recuperação e transformação em área de lazer da Lagoa Grande, em Feira de Santana. Tudo começou em 2007, no primeiro ano do mandato do governador Jacques Wagner e a previsão de término é para 2017.

Situada às margens da avenida Eduardo Fróes da Mota, o anel rodoviário, no trecho da entrada do bairro de Santo Antônio dos Prazeres, a obra da Lagoa Grande, nos últimos sete anos, teve as seguintes etapas, segundo uma das placas do governo federal no local: remanejamento das famílias, pavimentação, esgotamento sanitário, drenagem e regularização. O custo: R$ 68 milhões.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_single_image image=”22″ img_link_target=”_self” title=”A primeira placa prevê 7 anos de obras e R$ 68 milhões”][vc_column_text]

Uma outra placa, também do governo federal, estabelece mais dois anos de obras: urbanização, infraestrutura, melhorias habitacionais e unidades sanitárias. Custo: 23.623.644,80. Ou seja, no final, serão gastos mais de R$ 91 milhões.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_single_image image=”23″ img_link_target=”_self” title=”A obra começou no primeiro ano do primeiro mandato de Jacques Wagner”][vc_column_text]

Pelo menos por enquanto, a população feirense ainda não pode ter uma idéia exata de como ficará a área de lazer da Lagoa Grande. Vê-se uma rua pavimentada a paralelepípedos, circundando todo manancial, além de uma pista de cooper e uma ciclovia, também em volta da lagoa.

[/vc_column_text][vc_column_text]

DEFESA DO GOVERNO

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado José Neto (PT) argumenta que a obra de revitalização da Lagoa Grande não está consumindo um tempo exagerado para ser concluído, nem também R$ 90 milhões. Ele lembra que, primeiramente, houve toda a problemática de transferência de famílias que moravam inadequadamente no local para um novo conjunto residencial e a indenização daquelas que não aceitaram a mudança.

Posteriormente, acrescenta, houve um interstício de aproximadamente três anos, em razão de divergências técnicas nos valores dos itens da obra, o que terminou sendo esclarecido junto à Caixa Econômica Federal e ao Tribunal de Contas da União (TCU), “eliminando-se qualquer suspeita de irregularidade”.

“Computa-se a remoção das famílias, essa questão dos valores e a complexidade da obra, pois se trata da revitalização de uma grande lagoa, a obra está transcorrendo normalmente. Vale salientar ainda que o valor total é de R$ 68 milhões, pois os R$ 26 milhões da outra placa já estão incluídos”, frisa o deputado.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]