Léo Condé é demitido após um ano e três meses como técnico do Vitória

Foto: Victor Ferreira/EC Vitória
Foto: Victor Ferreira/EC Vitória

Após um ano e três meses como técnico do Vitória, a passagem de Léo Condé à frente do Rubro-Negro terminou nesta terça-feira (14). Campeão brasileiro da Série B de 2023 e do Campeonato Baiano de 2024, Condé não resistiu ao começo ruim do Leão na Série A e foi demitido junto com o preparador físico Diego Kami Mura. No total, Léo Condé comandou o Vitória em 74 jogos, somando 36 vitórias, 15 empates e 23 derrotas. A informação da demissão foi divulgada inicialmente pelo apresentador José Eduardo e confirmada pelo Bahia Notícias.

O treinador deixa o Leão com um ponto em cinco partidas no Campeonato Brasileiro, na 18ª colocação, dentro da zona de rebaixamento. Em busca de um novo técnico, o Vitória enfrenta o Atlético Goianiense no próximo sábado (20), às 16h, no Barradão, pela 7ª rodada da Série A. Enquanto não oficializa um novo treinador, o Rubro-Negro será comandado por Ricardo Amadeu, auxiliar fixo do clube.

Sem vencer nos últimos sete jogos, Léo Condé igualou, no último domingo (12), na derrota por 2 a 1 contra o Vasco, a sua pior sequência sem vitórias desde que assumiu o Vitória em fevereiro de 2023. A última vitória rubro-negra aconteceu em 31 de março, no primeiro jogo da final do Campeonato Baiano, por 3 a 2, contra o Bahia. De lá para cá, foram dois empates (ambos com o Bahia, no jogo de volta da final do Baianão e no Campeonato Brasileiro), e cinco derrotas para Palmeiras, Cruzeiro, São Paulo e Vasco, na Série A, e pro Botafogo, no jogo de ida da 3ª fase da Copa do Brasil.

Por Bahia Notícias

Outras Notícias