Maio da Diversidade promove 1ª Marcha contra LGBTfobia neste domingo

Foto: reprodução

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

O 3º Maio da Diversidade, dedica todo mês à discussão e elaboração de políticas públicas e garantias de direitos e voz para Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT) da Bahia. Essa é a proposta começou oficialmente neste sábado (16), com cerimônia realizada no Cine Solar Boa Vista, no bairro do Engenho Velho de Brotas, em Salvador. O objetivo é realizar atividades que promovam o debate e propaguem as demandas dessa parcela da sociedade durante todo o ano. Para isso, estão sendo organizados workshops, exposições, artes visuais, performances, oficinas, rodas de diálogo e, pela primeira vez, será realizada, este ano, a Marcha contra a LGBTfobia, às 14h deste domingo (17), na orla da Barra. Realizado desde 2013, o Maio da Diversidade de 2015 tem o tema`Zero Violência contra o LGBT! Por uma Bahia que respeite a diversidade sexual` e já vem desenvolvendo atividades desde

Foto: reprodução
Foto: reprodução

o dia 4 deste mês, que prosseguem até o próximo dia 31. O evento é promovido pela Secretaria de Justiça, Cidadania, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJCDHS), em parceria com outras secretarias, Universidade Federal da Bahia (Ufba), Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e organizações LGBT. A novidade deste ano é a 1ª edição da Marcha contra a LGBTfobia, que começa com uma concentração às 14h, próximo ao Cristo Redentor da Barra e o público participante segue em caminhada até o Farol. O objetivo do evento é alertar a população e denunciar a violência sofrida por LGBT, seja ela física, moral, institucional ou de qualquer outra instância. Na caminhada estarão familiares e vítimas de crimes homofóbicos, ativistas, profissionais que trabalham com o acolhimento de LGBT, transformistas, além de apoiadores da causa.