Maior derrota da história da Seleção completa um ano

A seleção brasileira caiu de joelhos perante a supremacia alemã (Foto: Reprodução / Alex Livesey/Fifa)
A seleção brasileira caiu de joelhos perante a supremacia alemã (Foto: Reprodução / Alex Livesey/Fifa)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
A seleção brasileira caiu de joelhos perante a supremacia alemã (Foto: Reprodução / Alex Livesey/Fifa)
A seleção brasileira caiu de joelhos perante a supremacia alemã (Foto: Reprodução / Alex Livesey/Fifa)

No dia 8 de julho de 2014, a seleção brasileira viveu a maior derrota de sua história: 7 a 1 para a Alemanha, no Mineirão, pela semifinal da Copa do Mundo. Sem Neymar, o time de Luiz Felipe Scolari sofreu com gols de Müller, Klose, Kross (dois), Khedira e Schürrle (dois) e descontou com Oscar, já nos minutos finais.

Pela análise apenas das estatísticas oficiais – de acordo com o site da Fifa -, parece que o Brasil dominou a partida: foram mais chutes a gol (18 a 14), menos faltas (11 a 14), mais minutos com a bola no pé (32 a 30), mais desarmes em contato (5 a um) e até mais posse de bola (52% a 48%). Porém, os cinco gols em oito minutos no primeiro tempo mataram a Seleção de Felipão em Belo Horizonte. Veja no vídeo acima a íntegra do confronto e confira como foi a atuação do Brasil na eliminação do Mundial em casa.