MEC busca antecipação da base curricular

Base comum para a educação básica. Foto Adenilson Nunes/GOVBA.
Base comum para a educação básica. Foto Adenilson Nunes/GOVBA.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Base comum para a educação básica. Foto Adenilson Nunes/GOVBA.
Base comum para a educação básica. Foto: Adenilson Nunes/GOVBA.

O Ministério da Educação (MEC) pretende concluir a proposta de uma base curricular nacional comum para a educação básica – ensinos infantil, fundamental e médio – antes do prazo previsto no Plano Nacional de Educação (PNE), que é junho de 2016. Na base comum deve existir um detalhamento, ano a ano, dos conhecimentos e habilidades que todos os alunos têm o direito de aprender.

“Temos o prazo de um ano para levar ao Conselho Nacional de Educação, mas nossa intenção é tentar avançar mais rápido. Se conseguirmos antecipar, será muito bom, porque dessa definição da base comum dependem dois pontos cruciais, que são a formação dos professores e o novo material didático”, explicou o ministro da Educação, Renato Janine.

Com informações do jornal A Tarde.