Mesmo na bandeira vermelha 2, consumo de energia aumentou em todo o país em agosto

Bandeira tarifária para setembro será amarela, com acréscimo de R$ 2,00 a cada 100 quilowats-hora consumidos na conta de luz (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Bandeira tarifária para setembro será amarela, com acréscimo de R$ 2,00 a cada 100 quilowats-hora consumidos na conta de luz (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Mesmo com a bandeira tarifária vermelha patamar 2, o consumo de energia no mês de agosto aumentou em todo o Brasil. Os dados são da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica e foram divulgados hoje (10). Segundo a entidade, o país registrou gasto médio de 62,7 GW médios de energia. O volume é 3% maior que o registrado em julho, quando foram consumidos 60,8GW. Por outro lado, a geração de energia também registrou alta em comparação ao mês anterior. Foram gerados 65,6 GW, em média. Durante o mês, o governo federal alertou para o limite de relação geração e consumo de energia e realizou campanha incentivando a economia. No final do mês foi lançado o Programa de Incentivo à Redução Voluntária, que oferece desconto na fatura de janeiro a quem reduzir entre 10% e 20% o consumo entre setembro e dezembro.