Mitos e verdades sobre a hemorróida

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

01) Ficar sentado muito tempo no vaso sanitário favorece o aparecimento de hemorróidas: MITO

Não é o ato de ficar sentado que causa o problema, e sim o hábito que as pessoas constipadas têm de permanecer muito tempo no banheiro fazendo grande esforço para evacuar. Dessa forma, elas aumentam pressão sobre as veias hemorroidárias. Se a pessoa apresenta um bom funcionamento intestinal, nada acontecerá se passar horas nesta posição. O problema é imprimir força excessiva.

 

02) Hemorróida causa câncer: MITO

Hemorróida nunca vira câncer. Alguns sintomas da doença, no entanto, são parecidos com os apresentados quando se tem câncer do reto e ânus, como sangramento. Por isso, é importante ir atrás do diagnóstico correto, especialmente quem tem mais de 50 anos.

 

03) Alimentos picantes aumentam o risco das hemorróidas aparecerem: MITO

A ingestão de condimentos não causa hemorroida. Porém, pessoas que já desenvolveram a doença não devem consumir esses alimentos por serem irritantes em tecidos inflamados, piorando os sintomas. A orientação para os pacientes é evitar itens cáusticos, que vão agredir as veias na saída das fezes. E priorizar uma dieta rica em fibras e abundante em líquidos.

 

04) Prisão de ventre causa hemorróida: VERDADE

A constipação intestinal é caracterizada pela dificuldade eventual ou constante de evacuar, tornando as fezes ressecadas. É uma alteração normalmente relacionada à má alimentação e a pouca ingestão de água. Se a pessoa já tem o problema, o esforço repetitivo, durante as evacuações, levará ao crescimento das veias, fazendo com que as hemorroidas internas se prolapsem e se exteriorizem. Por isso, a mudança de hábitos à mesa é fundamental tanto para a prevenção, quanto para o sucesso do tratamento das hemorroidas.

 

05) Andar de cavalo ou de bicicleta contribui com o aparecimento das hemorróidas: MITO

Isso só acontece se o indivíduo passar boa parte do seu dia em cima da cela ou do selim. Para quem já tem o problema, recomenda-se evitar esses meios de transporte. Atividades físicas como ciclismo e equitação também devem ser evitadas porque exercem pressão sobre a região anal. Em termos de atividades físicas, a ginástica favorece o bom funcionamento intestinal. A caminhada e a natação são indicadas e auxiliam, inclusive, no alívio dos sintomas do problema. O exercício melhora a circulação sanguínea, que, por sua vez, minimiza a inflamação associada à hemorroida. Também ajuda a manter o peso corporal saudável, reduzindo a pressão sobre as pequenas veias do ânus.

 

06) A gestação favorece a dilatação dos vasos do ânus e favorece o surgimento de hemorróidas: VERDADE

A maioria das grávidas têm hemorroidas, mas os sintomas geralmente são discretos e não necessitam de tratamento medicamentoso, apenas orientações de dieta. Os casos intensos requerem remédios. A cirurgia nesse período deve ser evitada sempre que possível. Muitas mulheres nunca sofreram com o problema, que só aparece na gestação, em razão do aumento de peso e da pressão exercida na região pélvica. É possível também que a dilatação da veia surja durante o segundo estágio do trabalho de parto. É preciso estar atento também ao período de amamentação, quando a mãe perde muita água para fabricar o leite materno.

 

07) Hemorróidas sempre causam dor na região anal: MITO

A dor não é um sintoma obrigatório. Sua ocorrência depende do tipo de hemorróida, sendo mais comum nas externas do que nas internas, e nas que têm saliências grandes. As hemorróidas incomodam quando se encontram exteriorizadas, inflamadas ou quando se complicam devido à trombose. As internas tendem a ser menos sintomáticas: o único sinal indicativo pode ser a presença de sangue na evacuação. As externas, por sua vez, são em geral sintomáticas, associadas a sangramentos e dor ao evacuar e sentar.

 

08) Uma das melhores formas de prevenir as hemorróidas é beber muita água: VERDADE

É obrigatório manter o processo digestivo em movimento. Para isso, vale beber pelo menos oito copos de água ou de qualquer bebida descafeinada por dia. Frutas, vegetais e grãos integrais importantes fontes de fibras, contêm água e ajudam na hidratação. Em quase metade dos casos de constipação intestinal, causa comum de aparecimento das hemorróidas, o consumo de alimentos com essas características é o melhor tratamento.

 

09) Sangramento na região anal, principalmente ao evacuar, é sempre causado pelas hemorróidas: MITO

Podem ocorrer disfunções como fissuras anais, fístulas, inflamações e tumores, que, como a hemorroida, provocam sangramento. “O sintoma pode aparecer em decorrência de doenças do esôfago, estômago, intestino delgado e grosso, reto e canal anal. As mais frequentes, e benignas, são as hemangiomas do intestino fino, males inflamatórios e infecciosos do cólon e fissura anal. Já a maligna é o câncer do cólon e reto, cada vez mais comum, cujo atraso no diagnóstico piora as chances de cura. Por isso, é fundamental procurar um médico.

 

10) Sexo anal pode provocar o aparecimento de hemorróidas: MITO

Não há relatos de que a prática é um fator desencadeante. O ato sexual pode causar microtraumas e fissuras na região, mas não chega a ser a causa do problema.

 

Fonte: http://zh.clicrbs.com.br/ médico Silvio Gabor

Foto de capa: www.baudasideias.net