Morre escritora baiana Myriam Fraga

Myriam era diretora da Fundação Casa de Jorge Amado desde a sua instituição, há 30 anos. Foto: Reprodução/ Facebook

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Myriam era diretora da Fundação Casa de Jorge Amado desde a sua instituição, há 30 anos. Foto: Reprodução/ Facebook
Myriam era diretora da Fundação Casa de Jorge Amado desde a sua instituição, há 30 anos. Foto: Reprodução/ Facebook

A jornalista, poetisa e contista, Myriam Fraga, 78 anos, faleceu na tarde desta segunda-feira (15) em decorrência de uma leucemia. A escritora estava internada desde o dia 20 de janeiro, no Hospital Aliança. Ainda não há informações sobre o velório.

Myriam era diretora da Fundação Casa de Jorge Amado desde a sua instituição, há 30 anos. Ela também era vice-presidente da Academia de Letras da Bahia, da qual fazia parte desde 1985.

Natural de Salvador, Myriam nasceu em 9 de novembro de 1937. “Lançou 13 livros poéticos e teve seus poemas traduzidos em inglês, francês e alemão, participando de diversas antologias nacionais e internacionais”, diz nota da Fundação Pedro Calmon. “Marinhas”, seu primeiro livro de poesias, foi lançado em 1964.