Mulher de Jaques Wagner pode ser candidata à prefeitura

A decisão gerou especulações sobre uma possível candidatura de Fátima à prefeitura em 2016 (Foto: Manu Dias/AGECOM)
A decisão gerou especulações sobre uma possível candidatura de Fátima à prefeitura em 2016 (Foto: Manu Dias/AGECOM)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
A decisão gerou especulações sobre uma possível candidatura de Fátima à prefeitura em 2016 (Foto: Manu Dias/AGECOM)
A decisão gerou especulações sobre uma possível candidatura de Fátima à prefeitura em 2016 (Foto: Manu Dias/AGECOM)

De acordo com a coluna Tempo Presente, do A Tarde, a ex-primeira-dama do estado, Fátima Mendonça e seu esposo o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, transferiram o domicílio eleitoral para o município de Andaraí – Região Sudoeste Baiana. A decisão gerou especulações sobre uma possível candidatura de Fátima à prefeitura em 2016, com apoio do então gestor municipal, Wilson Cardoso (PSB). O prefeito, contudo, negou que haja qualquer confirmação. “Seria um sonho, mas nunca falamos disso. Wagner e Fátima compraram uma casinha aqui. E certamente querem aproveitar o dia de votar para descansar”, justificou. Cardoso disse ainda não ter escolhido quem apoiará para sua sucessão, mas quer um candidato único que “seja comprometido em colocar os interesses coletivos acima dos seus”.