Mulher desvia R$ 360 mil de conta de idosa

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Um mulher de 65 anos é suspeita de movimentar a conta de uma idosa, de 84 anos, sem que ela soubesse e desviar a quantia de R$ 360 mil no período de um ano, em Salvador. Por conta da situação, a Justiça decretou a apreensão dos bens da suspeita. De acordo com a polícia, as duas já se conheciam há 15 anos, mas foi há cerca de um ano que a idosa passou a alugar o apartamento da suspeita, localizado no bairro do Itaigara, na capital baiana, e pagava R$ 3 mil mensais. Segundo a polícia, o real valor de mercado seria aproximadamente R$ 1,5 mil.

Após o aluguel, a suspeita convenceu a idosa a entregar um cartão bancário e a senha alegando que, assim, a ajudaria a controlar os gastos pessoais da vítima. A cuidadora responsável pela idosa, desconfiou da mulher e sugeriu que a vítima consultasse a própria conta corrente e a poupança. Na agência, ela constatou o golpe e registrou queixa na Delegacia Especial de Atendimento ao Idoso (Deati).

Segundo a polícia, o marido da suspeita e o gerente do banco onde o casal possui conta também foram indiciados e são suspeitos de envolvimento no golpe. As investigações apontam que o gerente estava ciente das transações irregulares e que o marido da mulher teve parte do dinheiro da idosa depositado em sua conta corrente. O casal vai responder por furto, apropriação indébita e formação de quadrilha. Segundo a polícia, eles também infringiram o estatuto do idoso ao agredir a vítima fisicamente.