Mulher sequestra bebê em Eunápolis

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Na região sul baiana, a Polícia Civil de Eunápolis, investiga o sequestro de um bebê de três meses, do sexo masculino, que aconteceu na manhã de ontem (5). A suspeita de cometer o crime é uma mulher que ainda não foi identificada, segundo informou o delegado Robson Andrade. Conforme a polícia, antes do sequestro, a mulher tinha ido na mesma residência, localizada no bairro Alecrim II, para pedir roupas. A mãe do bebê, a dona de casa Magnólia de Jesus, de 39 anos, que a atendeu na ocasião, disse que não tinha peças para doar. “A suspeita então pediu para ver o filho dela, olhou para a criança, disse que era bonita e foi embora”, contou o delegado.

Horas depois, de acordo com a polícia, a mãe saiu de casa para ir a um mercado do bairro e deixou o bebê com o filho de 9 anos. “Quando a mãe retornou, o filho disse que a mulher voltou à casa, pediu água e levou a criança”, disse o delegado. Em contato com o G1, a mãe da criança sequestrada, que tem outros nove filhos, disse que não conhece a suspeita. Ela conta que o bebê usava fralda descartável e uma camiseta listrada quando foi levado. “Ninguém a conhece, nunca vimos ela. Eu fui comprar cloro e deixei ele em casa no carrinho com meu filho e a minha cunhada de 12 anos. Antes, ela já tinha passado aqui para pedir roupas, mas disse que havia doado todas as peças. Depois, quando eu saí de casa, ele voltou”, disse Magnólia.

A mãe disse à polícia que a suspeita usava um vestido florido na altura dos joelhos quando chegou na residência. “Ela é negra, aparenta ter 40 anos, tem cabelos medianos, lisos e pretos. Mede aproximadamente 1,65m”, informou o delegado. O delegado disse, ainda, que foram realizadas buscas na rodoviária, em hospitais e em pontos de mototaxis da cidade pela polícia, mas a suspeita e o bebê não foram localizados.