Nadadores baianos nas Olimpíadas 2016

Os nadadores baianos Allan do Carmo e Ana Marcela. Foto: Gilvan de Souza/Divulgação
Os nadadores baianos Allan do Carmo e Ana Marcela. Foto: Gilvan de Souza/Divulgação

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Os nadadores baianos Allan do Carmo e Ana Marcela. Foto: Gilvan de Souza/Divulgação
Os nadadores baianos Allan do Carmo e Ana Marcela. Foto: Gilvan de Souza/Divulgação

Os nadadores baianos Allan do Carmo e Ana Marcela Cunha conquistaram os índices olímpicos durante o Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo realizado em Kazan, na Rússia. Juntos, eles garantiram vaga na maratona aquática nos Jogos Olímpicos do Rio 2016.

Allan obteve a classificação, na segunda-feira (27), após terminar a prova de dez quilômetros na nona colocação com o tempo de 1h50min23s. Ana Marcela Cunha conquistou a vaga, nesta terça-feira (28), ao terminar na terceira colocação na prova, marcando o tempo de 1h58min26s5.

Segundo a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), a vaga nas maratonas aquáticas pertence ao País e não ao atleta. Mas a comissão técnica brasileira da modalidade definiu que os nadadores que ficassem entre os dez primeiros colocados no Mundial se classificariam para a Olimpíada. Foi o que aconteceu com os dois nadadores baianos.

A maratona aquática ainda tem mais dois dias de competição em Kazan. Na quinta (30), o Brasil compete na prova por equipes, com Victor Colonese, Allan do Carmo e Betina Lorscheitter, com cada um nadando cinco quilômetros. Já no sábado, 1º de agosto, será a prova dos 25 quilômetros, com Allan do Carmo e Diogo Villarinho competindo no masculino, e Ana Marcela Cunha e Poliana Okimoto no feminino.