Nissan suspende produção por agravamento da pandemia no Brasil

Fabrica da Nissan em Resende/RJ Foto: Germano Lüders 09/02/2015

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

A Nissan Brasil anunciou, hoje (25), a suspensão da produção em sua fábrica por conta do agravamento da pandemia. A montadora é a terceira a decidir pela interrupção da produção no país. De acordo com o G1, a medida afeta a planta da montadora em Resende, no Rio de Janeiro. A produção será interrompida entre os dias 26 de março e 9 de abril. A previsão é de que as atividades sejam retomadas na segunda-feira seguinte, dia 12. “Buscando garantir a segurança de seus funcionários como parte do esforço de reduzir o impacto da pandemia, adaptar a empresa ao cenário atual dos desafios enfrentados pelo setor automotivo e garantir a continuidade do negócio, a Nissan decidiu adotar férias coletivas em seu Complexo Industrial de Resende de 26 de março a 9 de abril. Com isso, a produção será retomada no dia 12 de abril”, diz a empresa. Também estão suspensas as atividades nas plantas da Wolkswagen e da Mercedes-Benz. Ontem (24), o Brasil ultrapassou a marca de 300 mil óbitos em decorrência da Covid-19.