Inscrições no Enem contrariam recorde de 8 anos

ENEM

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve 8.478.096 de estudantes pré-inscritos para 2015, segundo balanço do Ministério da Educação (MEC). O número é 10,67% menor que em 2014 e quebra uma sequência de recordes que era registrada desde 2008. De acordo com o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, o aumento da taxa, de R$ 35 para R$ 63, não influenciou na queda de 10,6%. “Não houve exclusão do Enem por causa da taxa”, afirmou ele.

As inscrições para as provas deste ano foram encerradas na sexta-feira (5). Agora, os candidatos ainda têm até 21h59 de hoje (10) para pagar a taxa de inscrição nas agências do Banco do Brasil ou dos Correios (Banco Postal). A inscrição só é considerada confirmada quando o pagamento é feito ou caso o candidato tenha obtido a isenção da taxa. As provas ocorrerão em 24 e 25 de outubro.

Ainda que todos os pré-inscritos confirmassem a inscrição, o Enem 2015 quebra uma sequência de recordes. No ano passado, o sistema teve 9.490.952 candidatos pré-inscritos e 8.722.356 deles confirmaram a inscrição. O número não pode ser alcançado pelos 8,4 milhões de pré-inscritos na atual edição.

A sequência de alta vinha desde 2008, ano com 4.004.715 inscrições confirmadas, contra 3.568.592 em 2007, ano que apresentou queda em relação à 2006, que teve 3.731.925 inscritos. Desde 1998, quando o Enem foi criado, também houve queda em 2004. Naquele ano, o total de candidatos (1.547.094) caiu 17,55% em relação ao ano de 2003 (1.876.387 inscritos).

Foto de capa: www.cearaagora.com.br