“O nosso objetivo é comprar vacinas”, diz prefeito Colbert

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

 

Em meio ao crescimento do número de casos de infecção pelo novo coronavírus e lotação ao limite dos leitos de hospitais da cidade, que retratam o pior estágio da pandemia até agora, o prefeito Colbert Martins Filho afirmou nesta quinta-feira (04), em entrevista ao programa Jornal Transbrasil com Carlos Geilson, que o município está empenhado na aquisição de novas doses do imunizante.

Apesar de o município ter recebido mais seis mil doses da vacina, o prefeito disse que, destas, quatro mil são destinadas para a segunda dose da vacinação. “Recebemos mais doses tanto da Coronavac quanto da Oxford e serão aplicadas quase quatro mil doses em segunda aplicação. Então, nós temos menos de três mil doses para a primeira aplicação. O nosso objetivo é comprar vacinas. Com a Lei que foi criada, que não foi sancionada ainda, mas que permite que municípios e estados possam também fazer compras, além do governo federal”, disse.

Questionado sobre quando, de fato, a prefeitura comprará as vacinas, Colbert respondeu que “na hora que houver vacina disponível autorizada, esse consórcio comprará”. Organizado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), o consórcio público que visa adquirir vacinas contra a Covid-19, até a manhã desta quarta-feira (3) já tinha a adesão de 25 prefeituras baianas.