Operação da Polícia Civil revela que influenciadores enganavam seguidores com Jogo do Tigrinho

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Uma operação da Polícia Civil de Alagoas revelou, através de prints obtidos de conversas por WhatsApp, conversas que detalham um esquema fraudulento em que influenciadores digitais faziam propaganda para o famoso Jogo do Tigrinho e similares, recebiam conta diferente dos demais usuários das plataformas e simulavam falso superganho em aposta para estimularem seus seguidores a investirem seus dinheiros, e perderem consequentemente.

Através da Operação Game Over, que foi criada para desarticular quadrilhas de jogos de azar, a polícia teve acesso a uma conta que aplicava os golpes, chamada de “demo”, que fazia manipulação programada para que os influencers praticassem estelionato ao conseguirem divulgar ganhos inexistentes para convencer seus seguidores.

A Operação ainda diz que os influencers recebiam um link que dava acesso a uma conta de demonstração, para simular o golpe, já os seguidores, recebiam um link totalmente diferente, programado para perdas de dinheiro. Na simulação, os agentes conseguiam jogadas que gerava um saldo falso de R$ 158 mil reais.

A polícia afirmou que os influencers ganhavam comissões por cada clique nos links divulgados em suas redes sociais, além de receberem pela propagação da aposta.

Outras Notícias