Samu e Bombeiros melhoram atendimentos em Lauro de Freitas

Créditos: Daniel Pujol

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Para otimizar os atendimentos de urgência no município de Lauro de Freitas, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a empresa 911 Bombeiros fecharam uma parceria inédita na Bahia. A parceria, válida até 2016, foi formalizada por meio de acordo entre o Ministério da Saúde, a Secretaria de Saúde de Lauro de Freitas e a 911 Bombeiros, e disponibiliza bombeiros civis para agilizar os atendimentos de urgência em situações que exijam resgate de vítimas, de forma integrada.

Com cerca de 200 mil habitantes, é considerada uma cidade de risco por ter em suas proximidades um aeroporto, duas rodovias e um polo petroquímico, além da vocação turística de toda a Linha Verde e Litoral Norte, o que estimula um grande fluxo de veículos e pessoas, cenário propício para acidentes.

Créditos: Daniel Pujol
Créditos: Daniel Pujol

O Samu é o serviço responsável pelo atendimento médico de urgência em todo o país. Com unidades básicas e avançadas, e equipe de Lauro de Freitas é composta por socorristas, médicos, técnicos de enfermagem, técnicos motociclistas, condutores e enfermeiros. As equipes de bombeiros civis da 911 Bombeiros atuam com estes profissionais em acidentes com vítimas, que envolva veículos em via pública, ou situações em que sejam necessárias operações de resgate. Os procedimentos iniciais incluem a avaliação de risco e o isolamento da área, para afastar os curiosos e facilitar a chegada da ambulância ao local. A população pode solicitar o serviço ligando para 192.

O coordenador-geral do Samu em Lauro de Freitas, Rogério Vieira, destaca a importância da parceria, que ocorre sempre às sextas-feiras, dia critico por conta do maior número de pessoas e veículos na cidade. “Acho importante esse trabalho entre poder público e empresa privada. Tenho avaliado de forma muito produtiva, principalmente por Lauro de Freitas ser uma cidade de risco. Na nossa estrutura temos uma unidade básica e uma avançada, além de uma motocicleta. Com a chegada da 911, passamos a contar com outras motocicletas, o que otimiza as ações, com a chegada rápida até o local do acidente”, avalia.