Pescadores de Ilha de Maré protestam no Porto de Aratu

Óleo vazou após um navio explodir no local em dezembro de 2013. Foto: Erica Conceição/Divulgação.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Óleo vazou após um navio explodir no local em dezembro de 2013. Foto: Erica Conceição/Divulgação.
Óleo vazou após um navio explodir no local em dezembro de 2013. Foto: Erica Conceição/Divulgação.

Cerca de 200 pescadores e marisqueiras de Ilha de Maré protestam, na manhã desta segunda-feira (21), nas imediações do Porto de Aratu, em Candeias, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O grupo reclama do impacto ambiental provocado pelo vazamento de óleo no mar da região após um navio explodir no local em dezembro de 2013.

Os manifestantes afirmam que, desde o acidente, não houve reparação pelos danos ocorridos na Ilha de Maré e em outras localidades banhadas pela Baía de Todos-os-Santos no Recôncavo da Bahia. Conforme a Superintendência de Telecomunicações das Polícias (Stelecom), o grupo, que tem mulheres como maioria, colocou galhos de árvores e outros objetos na pista, congestionando o trânsito no local.

Com informações do site do jornal A Tarde.