PF faz busca em casa de pessoas ligadas a João Leão

(Reprodução / Política Livre)
(Reprodução / Política Livre)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
(Reprodução / Política Livre)
A Politeia refere-se aos inquéritos originário da Operação Lava Jato (Reprodução / Política Livre)

O vice-governador João Leão (PP) não foi um dos alvos da Operação Politeia, deflagrada na manhã desta terça-feira (14). Agentes da Polícia Federal visitaram uma casa no condomínio Foz do Joanes, em Buraquinho, que pertence a pessoas ligadas ao ex-deputado, e não ao próprio Leão. A Politeia refere-se aos inquéritos originário da Operação Lava Jato que correm no Supremo Tribunal Federal e envolvem suspeitos com foro privilegiado – o foro de Leão é o Tribunal de Justiça. A operação cumpre 53 mandados de busca e apreensão, sendo que 11 deles são na Bahia. (Com informações Bahia Notícias)