NOTICIÁRIO POLICIAL

Pintor suspeito de assassinato é colocado em liberdade e advogado fala sobre as acusações

Foi concedida pela juíza Márcia Simões, da Vara do Júri de Feira de Santana, a soltura do pintor Edson Miranda de Oliveira, que estava preso sob suspeita de envolvimento na morte da dona de casa Ana Rita Borges de Almeida, de 59 anos, encontrada dentro de casa, no bairro Serraria Brasil, com perfurações no pescoço.
O corpo foi encontrado na tarde do dia 10 de março deste ano, sobre uma cama, e só foi descoberto após um filho conseguir uma chave e abrir o imóvel, depois que notaram a ausência da vítima.
O crimehttp://centraldepolicia.olabahia.com.br/2021/03/10/mulher-e-encontrada-morta-a-facadas-dentro-de-casa-no-bairro-serraria-brasil/
Durante as investigações, a polícia prendeu o pintor, alegando que ele é o principal suspeito do crime, por ter trabalhado para a vítima e ter acesso ao imóvel. Ainda de acordo com a polícia, a vítima teria emprestado dinheiro ao suspeito e a dívida seria o motivo do crime.
Familiares e amigos do pintor fizeram uma manifestação no bairro onde ocorreu o crime, alegando inocência e pedindo a soltura dele.
De acordo com o advogado Bender Nascimento, a juíza acatou as alegações da defesa e citou que existem “várias lacunas, tanto nas acusações, quanto na percepção criminal”, que inocentam seu cliente. Ouça a entrevista

O processo segue em andamento e o suspeito responderá em liberdade.
Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e imagens de arquivo.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+

VOCÊ REPORTER | FALE CONOSCO | ANUNCIE CONOSCO