Polícia busca imagens para identificar homem que estuprou médica em estacionamento

Entrada do estacionamento que fica em frente ao Hospital São Rafael. (Foto: Evandro Veiga)
Entrada do estacionamento que fica em frente ao Hospital São Rafael. (Foto: Evandro Veiga)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Entrada do estacionamento que fica em frente ao Hospital São Rafael. (Foto: Evandro Veiga)
Entrada do estacionamento que fica em frente ao Hospital São Rafael. (Foto: Evandro Veiga)

A procura de registros que possam identificar o homem que estuprou uma médica do Hospital São Rafael na sexta-feira (15), a polícia busca imagens de câmeras de segurança. Conforme informações da 10ª Delegacia Territorial (Pau da Lima), que investiga o caso, a médica foi abordada dentro do estacionamento Wellpark em frente Hospital São Rafael.

Um representante da empresa esteve na delegacia apenas para buscar uma cópia da ocorrência policial, conforme informação do site Correio24horas. “A empresa deve ser ouvida e agentes do serviço de investigação estão buscando imagens de câmeras de segurança”, disse o delegado José Clodoaldo Lima ao site. O delegado informou também que a investigação começou no sábado (16), no entanto, ninguém foi preso ainda.

“No estacionamento, ninguém quis comentar o ocorrido. Também não foram localizados responsáveis no escritório que administra o empreendimento. Uma gerente do Wellpark também foi contatada por telefone, mas não atendeu às ligações”, diz o site.

A vítima, que tem 32 anos e passa bem, de acordo com o delegado, descreveu o criminoso como um homem negro, que trajava jaleco, calça jeans, camisa social e tinha cerca de 1,70m de altura. Ele o abordou dentro do estacionamento particular, que fica em frente ao hospital São Rafael.

O criminoso levou a médica em seu próprio veículo, um Honda Civic prata, até o bairro de Águas Claras. Lá, o bandido faria com que a médica efetuasse saques numa agência do Banco do Brasil, mas encontrou o local fechado. Ele a levou a um matagal no bairro, cometeu o estupro e fugiu com o carro.  A vítima foi abordada por volta das 18h40, segundo o boletim de ocorrência registrado às 23h08 do mesmo dia.