Polícia prende acusados do assassinato de Guarda Municipal

(Foto: Reprodução / Correio Feirense)
(Foto: Reprodução / Correio Feirense)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
(Foto: Reprodução / Correio Feirense)
O crime foi motivado por vingança, segundo o coordenador Regional de Polícia (Foto: Reprodução / Correio Feirense)

Os acusados de assassinar o ex-comandante da Guarda Municipal de Feira de Santana – Região Centro Norte Baiana – , Marcus Vinicius dos Santos, foram apresentados na sede da coordenadoria da Polícia Civil na tarde desta segunda-feira (17), um ano e três meses após sua morte. Júlio de Oliveira Ribeiro, de 30 anos, e Reginaldo Pereira, 34 anos, a moto utilizada para executar o crime também foi encontrada. Os acusados tiveram prisão preventiva decretada por conta de um sequestro que eles teriam praticado em São Gonçalo dos Campos, e com a prisão, a equipe de investigadores conseguiu concluir a apuração e reunir todos os elementos que apontam os dois como autores do homicídio.

O crime foi motivado por vingança, segundo o coordenador Regional de Polícia, delegado João Rodrigo Uzzum, que diz ter mais de um ano as investigações, tempo suficiente para descartar todas as possibilidades de autoria e motivação, inclusive a de que a morte teria sido de natureza passional. “A morte de Marcos Vinícius foi motivada por vingança pela atuação enérgica dele na Micareta de Feira de Santana do ano passado. Uma pessoa incomodada com essa atuação dele, descobriu onde ele estava trabalhando e planejou o crime. Ele sofreu um atentado, mas eles não conseguiram pegá-lo na primeira tentativa”, informou o delegado.

O ex-comandante foi assassinado a tiros no dia 2 de maio de 2014, no interior de uma cantina do Parque da Lagoa Erivaldo Cerqueira, localizado entre os bairros Baraúnas e Queimadinha. No momento do crime, Marcos Vinícius estava trabalhando na vigilância do Parque, um equipamento de lazer da prefeitura. A vítima foi morta por dois homens que estavam em uma motocicleta e fugiram.