Prefeita de jequié não disputará reeleição

A prefeita ainda sofre com o desgaste do seu secretariado (Foto: Reprodução)
A prefeita ainda sofre com o desgaste do seu secretariado (Foto: Reprodução)
 A prefeita ainda sofre com o desgaste do seu secretariado (Foto: Reprodução)
A prefeita ainda sofre com o desgaste do seu secretariado (Foto: Reprodução)

Tânia Brito (PP), prefeita de Jequié – Região Centro Sul Baiana – não disputará a reeleição em 2016. A decisão anunciada durante o 4º Encontro de Prefeitos da União dos prefeitos da Bahia (UPB), não surpreendeu muita gente, pois o índice de rejeição da gestora é superior a 70%. Tânia alegou a negativa para o fato de ser mulher e não corresponder aos anseios da população. “É muito difícil quando a população cobra e você não consegue resolver os problemas da cidade. Temos poucos recursos. Ainda tem o fato de ser mulher e muita gente não confia na nossa capacidade”.

A prefeita ainda sofre com o desgaste do seu secretariado, especificamente do seu filho, Jacobson Brito – Jaja -, de Relações Institucionais, exonerado no início do mês. De acordo com o Bocão News, além do nepotismo, Jacobson protagonizou brigas com vereadores da oposição em rádio do município, ao responder sobre irregularidades na merenda escolar. Tania disse que a saída do filho se deu pela reformulação nas secretarias e cortes de gastos na prefeitura. “Ele também achou melhor voltar a se dedicar a carreira de médico”, alegou a prefeita.

Outras Notícias