Professores da UEFS aprovam a continuidade da greve

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Em assembleia realizada nesta quinta-feira (21), os professores da Uefs aprovaram a continuidade da greve por tempo indeterminado. Os presentes também encaminharam calendário de mobilizações e reuniões, com as primeiras atividades na sexta (22), quando haverá a discussão da minuta do PL para a revogação da autoritária lei 7176/97, apresentada pelo governo no dia 20, além de nova reunião do Comando de Greve, 14h, na Adufs.UEFSq

Durante as falas, os professores criticaram o discurso do governo Rui Costa, que alega crise nas contas públicas para justificar a recusa em debater o orçamento das Universidades Estaduais da Bahia (Ueba). “A proposta apresentada na última quarta (20) fragmenta a pauta e tira o foco da discussão orçamentária, elemento central para o avanço nas negociações. No entanto, é importante registrar que a força da categoria impôs ao governo a convocação da reunião e a proposição da minuta do PL”, alertou Elson Moura, diretor da Adufs.