Professores da UFRB quebram regime de greve e realizam formatura

Coordenador de Cinema e Audiovisual, Roberto Duarte, protesta durante a solenidade.
Coordenador de Cinema e Audiovisual, Roberto Duarte, protesta durante a solenidade.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Coordenador de Cinema e Audiovisual, Roberto Duarte, protesta durante a solenidade.
Coordenador de Cinema e Audiovisual, Roberto Duarte, durante protesto na solenidade.

Mesmo em greve há cerca de dois meses, os professores e coordenadores de cursos da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), campus de Cachoeira, realizaram a colação de grau de quatro turmas na noite deste sábado (1º). Foram dezessete formandos distribuídos nos cursos de Cinema e Audiovisual, Jornalismo, Gestão Pública e História.

1
Formandos dos cursos de Cinema e Audiovisual, Jornalismo, Gestão Pública e História.

O coordenador de Cinema e Audiovisual, Roberto Duarte, quebrou o protocolo da solenidade e protestou contra a situação em que se encontram as universidades federais. “Estamos realizando está formatura por entendermos que os formandos precisam dar continuidade às suas vidas. Nossa greve não é apenas por salários, é contra os cortes de verbas das universidades federais. Esse corte compromete o funcionamento da UFRB, a educação e o futuro do país”, protesta.

Também compõem a pauta do movimento grevista a defesa do caráter público da universidade, melhorias das condições de trabalho, garantia de autonomia e reestruturação da carreira. A greve afeta 23 universidades federais de 17 estados.