Professores da Uneb aprovam greve

Foto: assessoria/Aduneb.
Foto: assessoria/Aduneb.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Foto: assessoria/Aduneb.
Foto: assessoria/Aduneb.

Em assembleia, os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) aprovaram greve por tempo indeterminado. O encontro foi realizado pela Associação dos Docentes da Uneb (Aduneb) no teatro do campus I, em Salvador, nesta quinta-feira (7). Conforme a entidade, baseada no que dispõe o Supremo Tribunal Federal sobre legalidade do movimento grevista, após a aprovação são necessários três dias úteis para o início da mesma.

Também na tarde de hoje, docentes da Uefs, Uesb e Uesc realizam assembleias que pautam a deflagração da greve em todas as Universidades Estaduais da Bahia (Ueba). O movimento tem como causa principal a luta pelo acréscimo no orçamento das universidades estaduais para, no mínimo, 7% da Receita Líquida de Impostos (RLI).

Com informações da assessoria da Aduneb.