Programa antidrogas da PM forma 2 mil estudantes

Carlinhos Brown foi padrinho da turma. Foto: Camila Souza/GovBA.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Carlinhos Brown foi padrinho da turma. Foto: Camila Souza/GovBA.
Carlinhos Brown foi padrinho da turma. Foto: Camila Souza/GovBA.

Dois mil jovens, com idade entre 11 e 16 anos, alunos de 36 escolas públicas e particulares, foram formados pela Polícia Militar (PM-BA), na manhã desta terça-feira (1º) no Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). O evento foi realizado no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, em Salvador, e teve a presença do padrinho desta edição do Proerd, o cantor e compositor Carlinhos Brown; do secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa; do comandante geral da PMBA, coronel Anselmo Brandão; entre outros convidados.

Como é tradição, foi lida a melhor redação selecionada entre os participantes do programa. Fernanda Kelly, aluna do Colégio da Polícia Militar (CPM/Lobato), recebeu das mãos do secretário Maurício Barbosa o certificado de conclusão do Proerd, representando os formandos. A PM entregou também 36 bicicletas aos alunos que escreveram a melhor redação sobre o conteúdo aprendido no Proerd.

Com caráter social e preventivo, o programa é colocado em prática por policiais militares capacitados, fortalecendo a parceria entre polícia, escola e família. A PM já formou mais de 400 mil estudantes desde 2003, quando o Proerd teve início na Bahia.

Conscientização

“Os policiais vão às escolas conscientizar as crianças sobre os efeitos das drogas, para que elas aprendam a recusar a oferta nesta idade, em que se está tão aberto a novas experiências”, disse o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa.

Ele destacou que o programa social é um dos mais importantes do estado: “a gente acredita que seja um caminho, com a prevenção qualificada, executada por policiais que têm toda a experiência para orientar estes jovens”. Carlinhos Brown afirmou que a Bahia se destaca em programas sociais como o Proerd. “A vida nas comunidades carentes tem mudado, porque todos os projetos sociais que vêm sendo edificados na Bahia são um sucesso. O estado já é visto como um piloto de ações sociais para o Brasil. Hoje, juntando a iniciativa privada, os governos municipal, estadual e a Polícia Militar dando esse exemplo, temos mais de 60 mil crianças atendidas por ano”, declara Brown.

Com informações do site do jornal A Tarde.