Projeto de lei que amplia premiação a policiais é aprovado na Assembleia

Votação foi realizada no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia. Foto: bocaonews.com.br.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Votação foi realizada no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia. Foto: bocaonews.com.br.
Votação foi realizada no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia. Foto: bocaonews.com.br.

Os deputados estaduais aprovaram, nesta terça-feira (22), o projeto de Lei que amplia o Prêmio por Desempenho Policial (PDP), da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP). O objetivo da proposta é estimular que os policiais alcancem as metas estabelecidas.

Com o projeto de Lei, de número 21.642/2015, o prêmio não é concedido apenas aos policiais que conquistaram a meta. A premiação fica concedida da seguinte forma e nas situações a seguir: 50% se a meta da Área Integrada de Segurança Pública (Asip) em que o policial atua atinge a meta; 25% se a Região Integrada de Segurança Pública (Risp) cumprir a meta e os outros 25% se toda a Bahia cumprir a meta. Além disso, o prêmio vai ser pago a cada semestre, nos meses de abril e outubro, em vez de uma vez ao ano.

A proposta foi enviada pelo governador Rui Costa (PT) e foi anunciado no dia 1° de dezembro. A previsão é a de que, em abril de 2016, serão pagos cerca de R$ 42 milhões em prêmios. O projeto de Lei foi elaborado em conjunto pelas secretarias da Segurança Pública (SSP) e da Administração (Saeb). As premiações ainda serão distribuídas entre Aips que atingirem faixa maior de gratificação com base na região. Até então, informou o governo, eram contempladas as seis primeiras Áreas da Bahia, seis do interior e seis de Salvador e região. Agora, vão ser 10 Aisps no ranking geral, quatro no interior e quatro na capital e região.

Com informações do G1.