Projeto proíbe uso de celulares nas escolas

1

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Está tramitando na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) um projeto de Lei que proíbe o uso de aparelhos celulares e outros equipamentos eletrônicos (tablet, notebook e câmera fotográfica) em sala de aula para fins não pedagógicos. A proposição, elaborada pelo deputado estadual Sidelvan Nóbrega (PRB), é válida para as escolas de ensinos fundamental e médio, além de servir como amparo legal para que professores exijam dos alunos que não usem os itens durante as aulas.

Na justificativa do projeto, o parlamentar afirma que o uso dos equipamentos de forma não pedagógica nas salas é nociva. “A utilização de celulares e outros eletrônicos na sala de aula desvia a atenção dos alunos, que acessam a todo o momento conteúdos diferentes do assunto pedagógico”, pontua.

Sidelvan Nobrega afirma ainda que é importante impor limites, pois o uso irrestrito dos aparelhos está causando dependência e se tornando um problema de saúde. O projeto de Lei só segue para votação em plenário caso seja aprovado nas comissões de Constituição e Justiça; de Finanças, Orçamento, Fiscalização e Controle; e de Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviço Público.

Foto de capa: professoraauxiliadora.com.