Retorno do capitão puxa pacote de mudanças no Vitória

Mancini orienta Fernando Miguel, que volta ao time titular. Foto: Francisco Galvão/EC Vitória.
Mancini orienta Fernando Miguel, que volta ao time titular. Foto: Francisco Galvão/EC Vitória.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Mancini orienta Fernando Miguel, que volta ao time titular. Foto: Francisco Galvão/EC Vitória.
       Mancini orienta Fernando Miguel, que volta ao time titular. Foto: Francisco Galvão/EC Vitória.

Após tomar cinco gols em dois jogos e ver o Vitória passar a correr risco de rebaixamento na Série A, além de ser eliminado na Copa do Brasil, o técnico Vagner Mancini decidiu mudar a equipe para o jogo de sábado (30), às 18h30, em Florianópolis, contra o Figueirense, pela 17ª rodada do Brasileirão. As mudanças serão tanto na escalação quanto na postura.

A defesa, claro, é o primeiro setor a sofrer alterações. O goleiro Fernando Miguel reassume a titularidade depois de ter ficado um mês parado devido a uma lesão muscular sofrida em 26 de junho, no empate por 1 a 1 com a Ponte Preta. Caíque, que vinha como substituto, é visto como uma das grandes revelações rubro-negras. Porém, aos 19 anos, é considerado ainda imaturo. Na derrota para o Cruzeiro por 2 a 1, pela Copa do Brasil, há nove dias, foi criticado pelo segundo gol dos mineiros, em bola teoricamente defensável.

Já no revés por 3 a 2 para o Santos no domingo passado, voltou a sofrer criticas da torcida e, ao fim do jogo, foi em direção à arquibancada para discutir com torcedores. Já Fernando Miguel, 31 anos, é um dos mais experientes do grupo e vinha como capitão do time desde o início do ano. Ele deve reassumir o posto, ocupado no último mês pelo lateral Diego Renan. No momento, o Vitória é o 13º colocado da Série A com 19 pontos, dois a mais do que o Botafogo, 17º, que abre a zona de rebaixamento.

Outras mudanças

Na zaga, existe a possibilidade de Mancini retomar o esquema com três zagueiros, que obteve duas vitórias e um empate nas três partidas em que foi utilizado. Os zagueiros Kanu e Victor Ramos estão confirmados como titular. Já Ramon, também zagueiro, disputa uma posição com o volante José Welison.

No meio, o colombiano Cárdenas fará sua primeira partida como titular. Serginho vai para o banco. No ataque, após cumprir suspensão, Marinho retorna no lugar de Dagoberto, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Quanto a mudanças na postura do time, o atacante Vander explica: “Mancini tem nos passado a necessidade de voltar a ter uma postura mais compacta, que era uma das melhores qualidades do Vitória. As linhas de defesa, meio e ataque precisam jogar mais juntas. Nós, atacantes, precisamos voltar para marcar mais. E os defensores precisam subir para apoiar o ataque”.

Do site do jornal A Tarde.